Conheça a Estância Turística de Ibiúna

A Estância Turística de Ibiúna é uma cidade reconhecida pela suas belezas naturais. Localizada nas encostas da serra do Paranapiacaba, tem um clima de montanha, com muitas cachoeiras e conta com o Parque Estadual do Jurupará, uma das maiores áreas protegidas de Mata Atlântica do país, localizado entre os municípios de Ibiúna e Piedade.



Para conhecer melhor os pontos turísticos da cidade, clique nos itens abaixo.

Cachoeira da Fumaça
Cachoeira da Fumaça - Ibiúna SP.

A Cachoeira da Fumaça está localizada dentro do Parque Estadual do Jurupará.

As duas quedas ficam próximas da margem da represa, a primeira fica a próximos 700 metros, e a segunda mais uns 500 metros. Mas para quem gosta de uma aventura, pode-se explorar as trilhas e subir margeando o Rio do Peixe, que forma as quedas.

Se você quer conhecer a cachoeira, o acesso é fácil, mais ou menos 15 km de estrada de terra em ótimo estado de conservação, e o acesso poderá ser feito de barco ou por trilha.

Para visitar entrar no parque é necessário obter prévia autorização.

Mirante da Figueira
Mirante da Figueira - Ibiúna SP.

Distante 4 km do centro da cidade, possui 19.500 m² de área e uma altitude de aproximadamente 1.050 m, proporcionando, além de uma vista panorâmica de toda região, a contemplação de vários pontos da cidade. Chega-se ao Mirante seguindo pela estrada do Campo Verde.

Capela e Gruta de São Sebastião
Capela e Gruta de São Sebastião - Ibiúna SP.

Localizada a 28 Km do centro da cidade é um local de beleza rara. A gruta fica a 1 Km de descida da Capela e cercada por outras grutas que são conhecidas como casas de pedras, algumas com capacidade para 300 pessoas. É um dos poucos locais em que podemos observar a Mata Atlântica intocada com pedras de até 7 metros de altura e muitas cachoeiras. Como chegar: Pegue a Avenida São Sebastião e siga a esquerda pela estrada do Murundu no km 16 siga a sinalização , são mais 12 Km até a Capela.

Prainha do Escritório
Prainha do Escritório - Ibiúna SP.

A apenas 8 Km do centro da Estancia Turística de Ibiúna , recebe até 4.000 pessoas nos finais de semana durante o verão. Como chegar: Pegue a estrada da Cachoeira , que começa na Av. Marginal ao lado da Rodoviária.

Represa Itupararanga
Represa Itupararanga - Ibiúna SP.

Antes da construção da Barragem, era uma notável queda d'água que devido sua altura provocava um barulho fantástico que podia ser ouvido à distância. Formada pela junção dos rios Sorocamirim e Sorocabuçú, possui uma extensão aproximada de 40 km. Em suas margens encontramos diversos pontos onde há formação de prainhas.

Prainha de Piratuba
Prainha de Piratuba- Ibiúna SP.

Localizada a 24 Km do centro da cidade, possui 2 km de extensão e é propícia a prática de esporte aquáticos. Como chegar: Pegue a estrada para Piedade e entre a direita na estrada de acesso ao bairro dos Cocais.

Barragem da Represa
Barragem da Represa- Ibiúna SP.

Conhecida como paredão da Light, foi constituída em 1913 pela São Paulo Light - Empresa de Eletricidade, hoje é Propriedade da CBA - Cia Brasileira de Alumínio. Chega-se ao local pelo KM 86 da Rodovia Bunjiro Nakao.

Cachoeira Vargem do Salto
Cachoeira Vargem do Salto - Ibiúna SP.

Localizada a 16 Km do centro da cidade. É formada por várias quedas sendo que a principal possui mais de 35 metros. É bastante freqüentada no verão por pessoas que vão se banhar em suas águas. Embora a cachoeira seja de propriedade particular o seu acesso é livre ao público. Como chegar: Acesso pela estrada da Vargem do Salto.

Centro Cultural de Ibiúna
Centro Cultura de Ibiúna - Ibiúna SP.

O Centro Cultural teve seu inicio em 1948, logo após o término da segunda guerra mundial , com base no pensionato estudantil e na Associação de Pais e mestres.

Na Assembléia extraordinária da Associação de Pais e Mestres, realizada em 17 de junho de 1956, a fim de desenvolver e ampliar as atividades desta entidade até então restringida ao pensionato estudantil de Ibiúna, foi decidido fundar o Centro Cultural de Ibiúna.

O C.C.I., também conhecido como "Pensionato" é uma associação mantida pela colônia japonesa, dotada de uma infra estrutura bastante diversificada, com salas de aula para o aprendizado da língua japonesa, salão de festas com capacidade para 1000 pessoas, campo de baseball, pista de atletismo, além de duas quadras poliesportivas e Campo para a prática do Mallet-Golf assim como quadra para a prática do Gate-ball.

Entre as tradicionais festas promovidas pela colônia , destacam-se o , Jantar Oriental em março, Festa Yakisoba em abril, Noite Sukiyaki e festa junina em junho , undokai (Gincana Poliesportiva) em julho, Noite dos Tambores Japoneses (Yakisoba e tempura) em agosto, Feijoada em outubro.

Feira de Artesanato de Ibiúna
Feira de Artesanato - Ibiúna SP.

Todos os sábados, das 9h às 16h, ocorre a Feira de Artesanato de Ibiúna na Praça do Fórum, com a exposição de variadas peças, em madeira, tecido, bordados entre muitas outras.

Passeio de Escuna
Passeio de Escuna - Ibiúna SP.

Um dos principais e mais bonitos passeios por Ibiúna é a Escuna "Txai" do Comandante Ronaldo Condesso.

O barco faz um itinerário fantástico, que revela belezas paradisíacas até então desconhecidas pela maioria dos ibiunenses e visitantes.

Em 3 anos de funcionamento, o passeio já é considerado uma das melhores e mais cogitadas atrações turísticas da região.

A embarcação tem capacidade para até 40 pessoas e oferece total segurança aos passageiros.

O roteiro completo inclui navegação pelas margens da represa, passando por Ibiúna, Alumínio, Mairinque e Votorantim, além dos principais condomínios de luxo, como Veleiros, Porto, Mirinhaçu e outros.

O barco, com capacidade para até quarenta passageiros, é seguro e tem salva-vidas para todos. Possui banheiro, som ambiente e gerador próprio. Além disso, são servidos deliciosos bolinhos de bacalhau, champanhe e outras delícias a bordo.

Templo Budista Jodoshu Nippakuji de Ibiúna
Templo Budista Jodoshu Nippakuji de Ibiúna - Ibiúna SP.

O Templo Budista Jodoshu Nippakuji de Ibiúna, é o terceiro templo da Escola Budista Jodoshu (Escola da Terra Pura) e foi fundado pelo Bispo Yomei Sasaki em 1998. O Templo Nippakuji de Ibiúna está em local com a altitude é de 1100 metros e clima ideal para estudos, orações, meditação.

Academina de Treinamento Espiritual de Ibiúna - Seicho-No-Ie - Ibiúna
Seicho-No-Ie - Ibiúna SP.

Nos mais de 40 eventos anuais, ela recebe acima de 40 mil pessoas em suas amplas dependências. São quatro salões, e o maior deles tem capacidade para mais de 1000 participantes e estacionamentos para 1.000 automóveis e 300 ônibus, lanchonete, livraria e muito verde.

Nela estão localizados o Santuário Hoozo do Brasil e o Monumento em Memória dos Anjinhos Anônimos, os dois monumentos mais solenes da SEICHO-NO-IE DO BRASIL.

Monumento aos Estudantes da Une 1968
Seicho-No-Ie - Ibiúna SP.

O memorial fica localizado na "Praça da Matriz" de Ibiúna e consiste em dois painéis - com as fotos dos 23 estudantes mortos durante a ditadura e outro com a lista dos 720 presos durante o congresso de 1968. Dentre os relacionados estão alguns nomes importantes, como Jean Marc Von der Weid, Wladimir Palmeira, Franklin Martins e José Dirceu.

Sobre o 30º Congresso da UNE

No dia 12 de outubro de 1968, em um sítio em Ibiúna, interior de São Paulo, 720 estudantes foram presos pela Força Pública Estadual por realizarem o 30º Congresso da UNE (União Nacional dos Estudantes), que, desde o início do regime militar, encontrava-se na ilegalidade. Na ocasião, todos esses estudantes foram levados para o prédio do Departamento Estadual de Ordem Política e Social de São Paulo (Deops) - onde atualmente funciona o Memorial da Resistência. Eles foram indiciados, processados, expulsos de suas faculdades e submetidos a torturas - deles, 23 passaram a compor a lista dos mortos durante o regime militar.

Capela do Bom Jesus
Capela do Bom Jesus - Ibiúna SP.

Constituída por João Silvestre, natural da cidade Italiana de Turim, foi inaugurada em 29 de Agosto de 1928. Os recursos para a obra foram doados e também arrecadados pelo Senhor Feliciano Habib, sendo o terreno oferecido por Raimundo Aldino Carmelo (Sinhô da Ponte) e sua esposa Anafalda Raimundina Carmelo. As árvores que ocupam a praça em torno da Capela foram trazidas pela colônia japonesa, radicada em Ibiúna no ano de 1932. Oferece uma vista privilegiada da cidade.

Pousada Vale dos Pássaros
Estrada do Maeda, 1100 – Bairro do Curral - Ibiuna ( 74 Km de São Paulo)

Todos os direitos reservados © Vale dos Pássaros
Desenvolvido por Multiplo Interactive